fbpx

Credenciado Com As Melhores Construtoras

Use seu FGTS

Melhores Localizações

Faça Já Uma Simulação

Melhor Custo-Beneficio

Prestações menores que o aluguel!

5 Motivos de Reprovação de Crédito em Financiamento Imobiliário

Olá!

A compra de um apê exige além de disciplina, educação financeira e planejamento. Neste artigo que adaptei, reuní pra você os 5 motivos mais comuns de reprovação ou condicionamento de crédito, que mais acontecem com as pessoas que se sujeitam à uma avaliação durante a busca por um financiamento. Antes de tudo é necessário entender a diferença entre aprovação e condicionamento de crédito. E você sabe o que significa cada um destes itens?

Quando você começa a negociar com a construtora, você vai simular o seu cenário financeiro para definir os valores de entrada. Com isso você já vai ter o valor que será necessário financiar, e ele será levado para análise da Caixa. Existem três cenários nesse momento: aprovação (quando deu tudo certo e a Caixa “disse” pra você: Ok, podemos confiar em liberar crédito para este cliente!), reprovação do valor (quando a Caixa “disse” pra você: não é muito confiável liberar crédito para este cliente, precisamos que trabalhe mais seu score/nome no mercado) ou o condicionamento deste montante, que nada mais é do que aprovar um valor menor do que aquele que você solicitou (quando a Caixa “disse”: vou liberar crédito, mas limitado) e esta diferença geralmente vai para entrada.

Pensando no seu planejamento, listamos aqui os 5 principais motivos que fazem as pessoas terem seus créditos reprovados ou condicionados, e aproveitamos para dar algumas dicas para você ir se precavendo antes mesmo de falar com o banco.

1 – Comprometimento financeiro
São todos os seus gastos fixos atuais, como: Empréstimos, outros financiamentos, consórcio, cartão de crédito ou uso excessivo de cheque especial.

Isso mostra para o banco tudo o que você vai pagar junto com o financiamento que você está pedindo. Então, se a parcela do seu financiamento mais as suas contas excederem o quanto você costuma receber mensalmente, é um sinal para a Caixa de que você provavelmente não vai conseguir pagar e irá se endividar.

Uma solução para esse problema, é que antes de solicitar o financiamento você consiga quitar essas dívidas e evite pagar valores menores dos que seus cartões/cheque especial apresentam.

2- Rating Bacen (Banco Central) baixo
O Banco Central costuma coletar todos os seus registros financeiros, como o seu histórico de bom ou mau pagador nas empresas com as quais você já se comprometeu, quantos empréstimos já fez ou até mesmo se já teve o famoso “nome sujo”.

Com essa espécie de ranking, o banco vai avaliar se você é uma pessoa confiável ou não para receber esse valor e pagá-lo conforme o combinado.

Para melhorar o seu rating você pode se organizar e pagar as contas dentro do prazo, melhorar vínculos com os bancos (principalmente a Caixa) e evitar qualquer tipo de comprometimento financeiro (financiamnto de carro, consórcios, etc…)

3- Restrições
Isso vale para você que se esqueceu de pagar algumas contas e acabou com o “nome sujo na praça”.

O conselho agora é limpar o seu nome o mais rápido possível, pensando em criar um histórico positivo.

Mas se precisar de ajuda, eu te oriento e posso até fazer um acompanhamento de crédito para melhorar o seu score, pois é comum termos um tempinho entre o início da compra e a análise definitiva para o financiamento.

4- Restrição interna da Caixa
Nada mais é do que um mecanismo de controle interno da Caixa Econômica Federal, através dele são registradas todas aquelas operações realizadas com perdas financeiras para a instituição.

Portanto, ele é utilizado como parâmetro tanto para a avaliação, concessão de crédito, abertura ou manutenção de relacionamento entre a Caixa e você.

Se você teve algum probleminha no passado com a Caixa, agora tudo o que você tem a fazer é continuar com um vínculo com eles, mas pagando tudo em dia.

5- Não ter um histórico
Se você é uma daquelas pessoas que prefere pagar tudo à vista ou em dinheiro, não gosta de cartão de crédito e não tem nada no seu nome. Cuidado, essa falta de histórico pode ser vista pelo banco como algo arriscado e pode atrapalhar na hora de confiarem um financiamento para você.

O que você pode fazer é pedir um cartão de crédito do banco escolhido e ir pagando ele sempre em dia, por exemplo.

Artigo adaptado do blog da Hype Empreendimentos (Curitiba)

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *